0800 039 4269
Atendimento aos Usuários de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do
Rio Paranaíba
FALE CONOSCO
Formulário Online
E-mail
Telefone
(64)3431-5026
Endereço
Rua Rui de Almeida, nº 630 - Centro
Itumbiara - GO
CEP: 75.526-050
©2013. Todos os direitos reservados.

Bonita pra Tetéu

Autor: Antônio Luis da Silva Santos

Cachoeira do Rio Claro

Autor: Flávia Scupino

Tranquilidade

Autor: Dilma Couto Oliveira

48ª Reunião da CTPI

04 e 05 de outubro - Goiânia - GO

NOTÍCIA » Inundações em Goiânia

01/02/2018 às 15:42

As inundações podem ser naturais ou provocadas pela urbanização. As naturais ocorrem devido aos cursos de água ocuparem o seu leito maior, decorrente das fortes chuvas e da conformação topográfica das bacias hidrográficas. Normalmente atingem as populações de baixa renda que ocupam as margens dos rios e córregos por falta de um planejamento de uso do solo. As provocadas pela urbanização são devido à impermeabilização do solo por meio de telhados, asfaltos, calçadas, pátios e quintais cimentados. E, ainda, por falta de sistema de contenção de água das chuvas. 

Observa-se que em Goiânia, como em outras cidades, a urbanização ocorre geralmente de jusante para montante, ou seja, da parte baixa para a parte alta dos cursos de água. Cita-se como exemplo, a bacia hidrográfica do Córrego Cascavel, onde a parte alta do Parque Amazonas, Jardim América, Jardim Atlântico, Vila Rosa e intermediações da Avenida Rio Verde foram e estão sendo urbanizadas após a ocupação da parte média e baixa dessa bacia hidrográfica. A mesma coisa acontece com a bacia do ribeirão Anicuns, que está com a sua parte de montante em crescente urbanização. 

Esses fatores aliados à quantidade de lixos nas margens e dentro dos cursos de água, e a falta de um sistema de drenagem moderno e eficiente provocam frequentes inundações e desastres.

A drenagem Urbana não deve se restringir somente aos aspectos técnicos de engenharia, mas também às várias medidas que podem ser tomadas visando a atenuação dos riscos e dos prejuízos decorrentes das inundações, como: programa de educação ambiental, disposição correta do lixo, desobstrução de canais e bueiros, limpeza das margens dos córregos, conservação das matas ciliares e uma política de ocupação das várzeas de inundações que não entre em conflito com a política de drenagem urbana. 

Estudos revelam que, nos últimos quinze anos, as inundações aumentaram de magnitude, afetando mais locais no município, em virtude de chuvas não muito intensas. Em anos anteriores, chuvas com a mesma intensidade não causariam estragos em ruas e em residências próximas dos córregos. 

Novamente no período chuvoso teremos as inundações recorrentes, semelhantes ou maiores da que ocorreu no dia 29 de janeiro, causando transtorno à população de vários setores em Goiânia. Portanto, a população goianiense tem que ficar alerta, pois as inundações ocorrerão novamente e serão mais intensas. 

Autor: Marcos Correntino - Membro Do CBH Paranaíba

Fonte: Jornal O Popular - 01/02/2018